Categorias servem para diferenciar os Locais (Locais, Clientes, Leads, Prospects...), de acordo com sua necessidade de enxergá-los dentro da sua rotina de trabalho.

📌 Dentro do sistema é possível filtro por um ou mais categorias.

📌 Cada Local pode ter apenas 1 Categoria de cada vez, mas ela pode ser alterada e o histórico fica salvo dentro das visitas realizadas no Local.

Veja opções das melhores práticas que alguns de nossos clientes vem utilizando.

Para isso eu vou dividir o assunto para 2 tipos de equipes:

A) Aplicação para equipes técnicas:

Neste caso, a melhor forma de usar as categorias seria informar ao técnico qual é o tipo de relacionamento comercial que sua empresa tem com aquele cliente.

Veja as Categorias de exemplo:

Contrato de manutenção;

Chamado avulso;

Chamado na garantia.

As categorias devem ser usadas pra definir o tipo de comportamento e atuação, que o técnico tem que ter ao receber o chamado e fazer a visita no seu cliente.

Quando o técnico recebe o chamado ele já sabe o que se trata o atendimento e como deve se portar na visita.

B) Aplicação para equipes de vendas:

Neste caso, a melhor forma de usar as categoria seria definir estágios que envolvem sua venda, ou o ciclo natural das suas negociações que ocorrem nas Visitas.

Veja nesse exemplo:

1, Cliente;
Inativo;
Prospect;

Existe a possibilidade de criar inúmeros estágios (Categorias) e todos são personalizáveis.

Isso te dá muita flexibilidade ao montar um funil.

Relatórios por Categorias

Existem vários Relatórios no Contele Gestor de Equipes que é possível visualizar e filtrar por Categorias.

São eles:
Relatório de Visitas;
Relatório de Produtividade;
Relatório de Locais Não Visitados;

Se você entendeu e já sabe como fazer, mão na massa!

Esse conteúdo resolveu sua dúvida ou te ajudou?

Vote abaixo e, se você não encontrou o que procurava, envie uma mensagem no chat ao lado.
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!